terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Pássaro Negro ou Jato-X - Marvel comics


SR-77 Pássaro Negro também conhecido como Jato-X é o mais popular dos transportes dos X-men, uma equipe de super-heróis de histórias em quadrinhos publicada nos Estados Unidos pela Marvel Comics.
Nele os X-man já viajaram para Boston, foram também para o Lago Walkali onde Jean Grey ou Fênix, foi morta, desenvolveu sua cápsula telecinética e desenvolveu a Fênix, a área que o Professor X adormeceu quando se encontrou com Jean a primeira vez.
Uma versão do Blackbird possuía um pára-brisas do cockpit experimental, que foi infundido com vestígios do material de quartzo rubi usado na viseira do Cyclops, o que lhe permite projetar e ampliar suas rajadas óticas através do pára-brisa.
Pássaro Negro
Afiliação:X-Men
Primeira Aparição:X-Men #104 (Abril de 1977)
Planeta Natal:Terra

OLHO DE AGAMOTTO - MARVEL COMICS


Olho de Agamotto é um item de ficção mística que aparece nas histórias em quadrinhos americanas publicados pela Marvel Comics. O item aparece em publicações, em especial, aqueles com o Doutor Estranho. O Olho de Agamotto é o nome comumente dado ao amuleto Estranho usa em seu peito, embora o Olho, na verdade, reside dentro do amuleto e é lançado ao longo do tempo. Criado pelo escritor Stan Lee e o artista Steve Ditko, ele apareceu pela primeira vez em "A Origem do Dr. Estranho", um oitavo de página de história em Strange Tales #115 (dezembro de 1963). Na concepção do Olho, Ditko, inspirou o mundo real charme O Olho que Tudo Vê de Buda, conhecido pelos Budistas como O Amuleto de Caracol Mártires, um Nepalês símbolo destina a proteger seu portador contra o mal.

I.M.A. Ideias Mecânicas Avançadas - Marvel comics

 I. M. A., que significa Ideias Mecânicas Avançadas (em inglês A. I. M., que é a sigla para Advanced Idea Mechanics), é uma super-organização criminosa fictícia, presentes nas histórias em quadrinhos do Universo Marvel, publicadas pela Marvel Comics. Composta por brilhantes cientistas dedicados à conquista de poder e à derrubada de todos os governos através de recursos tecnológicos, sua primeira aparição (nos E. U. A.) foi em Strange Tales #146 (Julho de 1966), numa história produzida por Stan Lee e Jack Kirby.

Biografia Ficcional do Grupo

A "I. M. A." foi criada durante a Segunda Guerra Mundial pelo Barão von Strucker para desenvolver armamentos para a organização subversiva conhecida como Hidra. No final da década de 60, por motivos de divergências políticas, a I. M. A. desligou-se da Hidra e deu início às suas próprias operações de forma independente. Seus adversários mais antigos são o Capitão América, a S.H.I.E.L.D. e o Homem de Ferro.
Seus principais projetos foram:

  • Cubo Cósmico: trata-se de um objeto de incrível poder, capaz de reformular a própria realidade, tornando praticamente onipotente o seu portador. Porém, a maior criação da IMA não se deve aos méritos de seus cientistas: o poder que permitiu a criação do cubo cósmico apareceu acidentalmente em nossa dimensão, sendo encontrado pelos cientistas do grupo em grande parte graças à sorte. Após muitas batalhas pelo controle do cubo (com grande participação do Capitão América), este acabou revelando tratar-se de uma criatura-viva, um "Cúbico", uma espécie da mesma matéria-energia dos Beyonders de outras dimensões. Após revelar sua verdadeira natureza, o Cubo afastou-se da Terra, distanciando-se das "batalhas mesquinhas" de seus habitantes.

  • Super-Adaptóide: a segunda maior criação do grupo trata-se de um andróide, programado para se adaptar a qualquer situação, podendo reproduzir o super-poder, aparência e voz de qualquer personagem Marvel. Mostrando-se uma criação formidável, o andróide infiltrou-se nos Vingadores, passando-se por vários de seus integrantes, como o Gavião Arqueiro, a Vespa e o próprio Capitão América. Ironicamente o andróide foi absorvido pela própria identidade que revelou-se ser a derivada de um fragmento do Cubo Cósmico que tinha em seu corpo, desaparecendo da terra.

  • MODOK (e, posteriormente, uma versão feminina dele conhecida como MODAM): trata-se de um ser humano artificialmente evoluído, com imensa capacidade mental e um corpo anão, dotado de superinteligência e capacidade de gerar descargas de energia mental e campos de força. A princípio, MODOK era um agente obediente da IMA, escolhido pelo Cientista Supremo para ser submetido ao processo de transformação orgânica, de maneira a se tornar mais uma arma da organização. Mas assim que sofreu sua grotesca transformação, MODOK assassinou o Cientista Supremo e tomou o controle da organização criminosa. Durante anos a IMA serviu aos seus propósitos, até seu assassinato pela Sociedade da Serpente. Modok teria enlouquecido ao tentar manipular o Cubo Cósmico.

Nesta fase, um pequeno grupo de cientistas escapou ao controle de MODOK e fundou uma dissidência da IMA. Diferentes dos agentes originais da organização, que usavam uniformes brancos com luvas, botas e capacetes azuis, os dissidentes usavam unifomes amarelos com luvas, capacetes e botas negros. Durante algum tempo os dois grupos se enfrentaram, mas aparentemente voltaram a se fundir após a morte de MODOK. Uma segunda teoria afirma que os dissidentes foram destruídos.
Graças a todas essas dissidências interna nos últimos anos a IMA perdeu muito de seu poder e prestígio anterior. Atualmente, ela têm servido mais como um grupo contratado para desenvolver armas e veículos para outras organizações.
I. M. A.
Dados sobre publicação
Publicado porMarvel Comics
Primeira apariçãoStrange Tales #146
(Julho de 1966)
Criado porStan Lee
Jack Kirby
Características do grupo
Base de operaçõesVárias ao redor do mundo

Adrienne Frost (Marvel comics)

 Adrienne Frost é um mutante do universo Marvel e irmã mais velha de Emma Frost.

História

Adrienne é a filha mais velha da poderosa família Frost (composta ainda dos irmãos Christian, Cordélia e Emma), cuja patriarca, o Sr. Winston Frost era conhecido por seu caráter arrogante e cruel. A jovem tinha os mesmos atributos negativos do pai, sendo uma pessoa inescrupulosa e sem o menor remorso de ferir sentimentalmente os seus irmãos, possuindo traços de uma personalidade psicopata. Sua ambição e orgulho a fizeram desprezar e manipular todos a seu redor, importando-se apenas em ser a herdeira da família. Isso a fez sabotar as poucas chances dos outros irmãos em se tornarem o preferido da família: ela revelou a seu pai a homossexualidade de Christian (o que culminou na depressão e tentativa de suicídio deste), o beijo entre Emma e seu professor, bem como o vício em drogas de Cordélia.
Apesar de tudo, fora surpreendida com a decisão de seu pai em escolher a jovem Emma para ser a maior herdeira da família. Emma desiste de toda a fortuna e decide ir morar nas ruas,ao passo que Adrienne alegra-se em ser a administradora das empresas Frost, utilizando-se de seus poderes mutantes para aumentar sua riqueza e poder.

Poderes

Quando Emma começou a manifestar seus poderes, viu que poderia ler a mentes de todos a seu redor, exceto o de uma pessoa: Adrienne. Isso devia-se ao fato de que a primogênita dos Frosts, tal como sua irmã, possui poderes psíquicos. Sua habilidade era a de psicometria, ou seja, ao tocar um objeto, poderia ler todas as impressões psíquicas deixadas neles, como, por exemplo, verificar os seus proprietários ou os eventos ocorridos ao seu redor.
Diferentemente da maioria dos mutantes, Adrienne parece nunca ter sofrido nenhum tipo de conflito ou confusão com os seus poderes. Ela sempre fora capaz de conviver normalmente com suas habilidades, não despertando qualquer suspeita sobre sua origem mutante nem mesmo para aqueles que a cercavam.

Rainha Branca

Por meio de seus poderes, Adrienne descobriu que a Academia Massachussets, dirigida por Emma, era na verdade o lar da geração X. Chantageando sua irmã, ela conseguiu tornar-se a nova co-diretora do instituto. Sua verdadeira intenção, no entanto, veio a tona: ela usou seus poderes para prender Emma e os alunos em uma simulação da sala de perigo, tempo em que teve a oportunidade de fugir para a filial do Clube do Inferno de Londres, desviando uma fortuna em dinheiro e se autoproclamando a Nova Rainha Branca.

Morte

Retornando para o instituto, Adrienne continua a chantager Emma, argumentando que se não fosse restabelecida como diretoria iria expor ao mundo que ali tratava-se de um santuário para mutantes perigosos. Acuada, Emma toma uma atitude drástica e resolve matar Adrienne, disparando-lhe um tiro no peito. Emma usa então seus poderes psíquicos para esconder isso das outras pessoas, chegando inclusive a matar um policial que envolveu-se no caso.
Adrienne Frost
Dados da publicação
Publicado porMarvel Comics
Primeira apariçãoGeração X #48 (Fevereiro de 1999)
EspécieHumano Mutante
AfiliaçõesClube do Inferno
Geração X
ParentescoWinston Frost (pai)
Hazel Frost (mãe)
Christian Frost (irmão)
Emma Frost (irmã)
Cordelia Frost (irmã).
Codinomes conhecidosRainha Branca
HabilidadesPsicometria

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

MOTOQUEIRO FANTASMA 2099

Cochrane, um hacker fugitivo, é salvo da morte por membros de um misterioso conselho que vive num lugar chamado Oficina Fantasma, escondida no Ciberespaço. A ele é dada uma opção: voltar ao mundo real como arauto dos membros do conselho e, de quebra, vingar-se dos que tentaram matá-lo.

Em verdade não se tratava de uma figura espiritual, como sua versão no presente, mas sim, de um robô de combate de alta tecnologia. Dentre suas características de combate estão a capacidade de ocultamento, camuflagem (podendo assumir a forma da qualquer pessoa), olhos lançadores de raios laser de alta potência, uma garra na mão direita composta por uma liga de metal super resistente e de uma motoserra energizada na mão esquerda (sua marca registrada).

Ao contrário da sua versão presente, o motoqueiro fantasma não tem objetivos altruístas, apenas é movido pela raiva causada pelas grandes corporações que causam injustiças e sofrimento para as pessoas que ele conhece.

Por várias vezes ao invés de enfretar vilões com super poderes travou grandes batalhas com a polícia e outras forças de segurança pública.


Motoqueiro Fantasma 2099
Capa para Ghost Rider 2099 # 2 (junho de 1994).
Arte por Mark Buckingham .
Informações do Personagem
NomeZero Cochrane
Nome OriginalMotoqueiro Fantasma


Informações da publicação
EditorMarvel Comics
CronogramaPor mês
FormatoSérie
Data de publicaçãoMaio 1994 - Maio 1996
StatusCancelado
Equipe criativa
EscritorasLen Kaminski
ArtistaChris Bachalo
Mark Buckingham
Ashley Wood
Kyle Hotz



Adaga de Prata (Silver Dagger) - Marvel Comics

Adaga de Prata (Silver Dagger), é um personagem da Marvel Comics, criado por Steve Englehartt em 1974. Foi um dos arqui-inimigos do Dr. Estranho, obcecado por destruir feiticeiros e tudo o que se relaciona-se com magia.

Biografia

Adaga de Prata, era um ex-criminoso que foi também um antigo Cardeal da Igreja Católica. Era um leitor fanático do livro Darkhold na forma de Livro Shiatra dos Malditos. Tornou um fanático religioso e feiticeiro e começou a destruir outros magos e seres mágicos, transformando-se no carrasco dos ímpios, acreditando que os seres mágicos que destruía eram grandes pecadores. adoptou o nome da sua arma, um punhal de prata mergulhado em água benta, um método tradicional de destruir demónios.
Usou o seu poder mental para entrar no Sanctum Sanctorum o santuário do Dr. Estranho e espetar-lhe a sua adaga prateada, no entanto o Dr. Estranho, escapou entrando na Orb de Agamotto, fugindo assim da morte certa mas permitindo que o Adaga de Prata rouba-se o Olho de Agamotto. Também aprisionou e tentou efectuar uma lavagem cerebral a Clea a discípula e futura mulher do Dr. Estranho, mas ficou preso na dimensão de Agamotto.
Conseguiu sobreviver à dimensão de Agamotto, retornando à dimensão da Terra onde lutou com o Dr. Estranho o Homem-Aranha a Miss Marvel e Marie Laveau mas foi esfaqueado por Leveau e voltou para a dimensão de Agamotto. Algum tempo depois, ofereceu o seu olho esquerdo a Agamotto que o ofereceu ao Dr. Estranho. De seguida, tentou matar Jack Russell um Lobisomem. Com as suas tropas, combateu contra o gang das motas do Lobisomem, os Braineaters mas durante a batalha foi mordido pelo lobisomem e deixados à mercê das suas tropas enquanto que o seu olho foi inexplicavelmente restaurado. De seguida escapou da dimensão de Agamotto, mais uma vez, lutando contra o Dr. Estranho utilizando o seu próprio olho de Agamotto mas foi derrotado e entregue à custódia de Agamotto. Mais tarde, o Adaga de Prata, voltou a enfrentar o Dr. estranho, Clea, Rintrah e o Troll Pip.

Poderes

Naturais

O Adaga de Prata era originalmente um homem atlético com um intelecto talentoso. Possui um vasto conhecimento da teologia cristã, especialmente, da seita apocalíptica que ele próprio criou, obteve o Mestrado e o Doutorado em teologia em um colégio jesuíta.
Tem alguns conhecimentos de magia e feitiçaria que empregava para uma variedade de efeitos, posteriormente repudiou todo o tipo de magia considerando-a satânica.
Tem a capacidade de lançar facas com um elevado grau de rigor e é exímio no uso de uma variedade enorme de armas automáticas. Tem conhecimentos básicos de artes marciais, incluindo Aikido, Judo e Boxe.
Utiliza um cinto que tem na parte de trás uma quantidade de suportes, onde coloca adagas, feitas à mão, de 9 polegadas que foram mergulhados em água benta para uma maior eficácia contra criaturas sobrenaturais.
Tem um alto grau de habilidade para a estratégia e as tácticas utilizadas no estilo de comando de conflito de baixa intensidade, e possui técnicas de guerra de guerrilha. Além disso, tem uma personalidade excepcionalmente carismática, possuindo poder de persuasão extraordinários, especialmente quando fala para grandes grupos de pessoas.
O Adaga de Prata e a sua equipe de comandos zelotas são conhecidos por utilizar uma variedade de armas automáticas que foram modificadas para disparar balas de prata, bem como dispositivos sofisticados de comunicação utilizados para combate furtivo.

Sobrenaturais

O olho esquerdo do Adaga de Prata, foi posteriormente substituído pelo Olho de Agomotto original, pelo que consegue projetar raios de prata místicos.

Adaga de Prata
Dados da publicação
Publicado porMarvel Comics
Primeira apariçãoDoctor Strange #1
(Junho de 1974)
Criado porSteve Englehartt e Frank Brunner
Características do personagem
Alter egoIsaiah Curwen
EspécieHumano
AfiliaçõesIgreja Católica (excomungado)
OcupaçãoLíder da Espada do Senhor
InimigosDr. Estranho


domingo, 29 de janeiro de 2017

ANNALEE (Marvel Comics)


Annalee é um personagem do Universo Marvel Comics e membro do grupo de mutantes conhecidos como Morlocks. Sua primeira aparição foi em Quarteto Futuro (em inglês Power Pack (primeira série) #12).

História

Uma Morlock, Annalee é quase uma mãe para os mutantes jovens no subterrâneo. Adotou Sanguessuga, após ter perdido seus quatro filhos que foram assassinados na superfície, mas logo ela acabou morrendo dramaticamente para um dos Carrascos chamado Caçador de Escalpos no Massacre de Mutantes.

Poderes

Annalee projeta suas próprias emoções em suas vítimas capaz de alterar os estados emotivos de outros combinando com seus próprios desejos pessoais.


sábado, 28 de janeiro de 2017

TUBARÃO-REI - DC COMICS

Tubarão-Rei (Nanaue) é um personagem fictício do Universo DC e um dos grandes inimigos do super-herói Aquaman. Ele foi criado por Karl Kesen e publicado pela DC Comics. O personagem apareceu brevemente na edição #0 do volume 4 do Superboy. Uma segunda aparição mais longa dele, foi vista na edição #9.
O Tubarão-Rei faz parte da Sociedade Secreta de Supervilões, o Esquadrão Suicida e o Sexteto Secreto. Nanaue é uma humanóide-tubarão que nasceu através do seu pai, o Tubarão-Deus.
A pele reforçada do Tubarão-Rei provê a ele proteção para ataques marítimos e físicos. Ele tem dentes tão poderosos como um tubarão real, e gosta de usá-los como arma. Ele possui guelras aquáticas, assim o possibilitando de respirar embaixo d'água. Ele nada a grandes velocidades e é resistente ao frio. Sua força e resistência foram ampliados, sendo que agora ele pode levantar até 55 toneladas. Também pode regenerar membros decepados, órgãos e dentes arrancados.

Outras Versões

Na linha do tempo alternativa de Flashpoint, o Rei Tubarão era como um homem forte em um freak show no Circo da Haley. Quando o Circo de Haley é atacado por Amazonas, o Tubarão-Rei é morto ao tentar salvar o Doutor Fate.

CROCODILO DC COMICS

 Crocodilo (Waylon Jones) é um personagem fictício do Universo DC, inimigo do Batman

História

Criação e Desenvolvimento

Criado pelo escritor Gerry Conway e pelo desenhista Gene Colan, quando havia um camafeu sombrio em Detective Comics # 523 (fevereiro de 1983), sua primeira aparência atual é creditada a Batman # 357 (março de 1983), que é também a primeira aparição do personagem Jason Todd.
Na seqüência inicial de aparências do Crocodilo - um Batman e Detective Comics, um arco da história de cruzamentos que culminou com Jason Todd adotando o manto de Robin - ele era retratado como uma figura obscura, sem nome de uma gabardina. Um criminoso sem escrúpulos que queria se tornar o chefão do crime de Gotham City, Croc trabalhava nos bastidores, utilizando métodos como sniping para eliminar seus concorrentes. Ele brevemente reuniu um pequeno exército de vilões do Batman sob sua liderança. Quando Batman confronta seu misterioso inimigo, o vilão é revelado ter um físico enorme e aparência reptiliana. É então revelado que seu nome verdadeiro é Waylon Jones, nascido com uma forma de atavismo que transmitiu-lhe os traços de répteis. Seus pais o viram crescer com a aparência horrível de seu filho e de seu comportamento brutal. Ainda adolescente, seu pai o abandonou no deserto. Croc sobreviveu, tornando-se vivo com uma carreira criminosa. Batman e Robin novamente derrotam-no depois de uma batalha desesperada.
Nesta aparência original, em pré-crise, Crocodilo se assemelhava a um homem poderosamente construído, e inteiramente cobertos de escamas verdes, mas ainda era basicamente humano em suas proporções faciais e construtivas. Ele também era originalmente retratada por abater os pais de Jason Todd (o que foi mais tarde recontado ao fazer Duas Caras seu assassino). Sua aparência e personalidade tornaram-se cada vez mais bestial, explicou-se em quadrinhos que sua doença foi lentamente roubando-lhe todas as características de identificação humana. Em suas aparições mais recentes, ele tem um focinho alongado e cauda.
Em Batman # 489, Crocodilo faz ataques a um shopping center. Depois de entregar vários golpes de Croc, Batman (essa foi a primeira aparição de Jean-Paul Valley como Batman) é distraído por um vislumbre de Bane, Crocodilo, em seguida, agarra Batman e tenta quebrar suas costas. Ele falha, e coloca-se no meio contra Bane e Crocodilo, quebrando seus braços. Ele é, então, colocado de volta no Asilo Arkham.
Quando Bane ajuda Batman a sair de Arkham pela galeria de vilões da saga Knightfall, Crocodilo sai para se vingar de Bane. Enquanto isso, nos esgotos, ele cheira Bane e vai atrás dele, mas só encontra Robin. Bane, em seguida, ataca, mas a borda em que estáva de pé se quebra, com a queda de três para os esgotos. A luta termina em empate.
Em uma história que corria em Batman # 521 e # 522, Croc é convocado por uma força paranormal para sair do Arkham e fazer o seu caminho para os pântanos da Luisiana. Batman o segue lá, apenas para descobrir que a força misteriosa é na verdade o Monstro do Pântano, que oferece ao Crocodilo um lugar no pantanal, onde ele pode finalmente ceder ao seu lado animal e viver livre da perseguição humana.
Crocodilo já apareceu em dois enredo do Hush e do acompanhamento crocológico da sua cidade, Broken City. Na primeira, ele está infectado com um vírus que aumenta a taxa de sua devolução.
Em 2005, na Detective Comics # 810, Crocodilo faz tentativas para se curar de sua condição. Quando o médico falha, Crocodilo o devora.
Em Crise Infinita, Crocodilo torna-se membro de Alexander Luthor, Jr. na Sociedade Secreta de Supervilões.
Um Ano DepoisEm Detective Comics # 819, que faz parte do enredo Face a Face, é demonstrado que Crocodilo foi alimentado com o corpo morto da Orca. Em seguida, ele aparece em Contagem Regressiva # 50 em Arkham. Ele se liberta de suas algemas e tenta matar Jimmy OlsenCrocodilo é então subjugado.
Ele é visto mais tarde entre os supervilões exilado na Executar Salvação. Após o Caçador de Marte ser derrotado, Crocodilo Assassino sugere que ele coma ele. Lex Luthor o proíbe, no entanto, e depois diz-lhe para comer outra coisa.
Em DC Universe # 0, Crocodilo Assassino pode ser visto como o membro da Sociedade Secreta da Liga de Super Vilões. Em Final Crisis # 4, Crocodilo é transformado em um Justificador.
No enredo Batalha para o Capote, Crocodilo Assassino é recrutado por um novo Máscara Negra para ser uma parte de um grupo de bandidos com o objetivo de assumir o controle de Gotham.
Durante os eventos de Dia mais Brilhante, Crocodilo Assassino é acidentalmente libertado de sua cela por um guarda que Osíris mata quando o Exterminador e seu bando de titãs infiltram-se no Arkham. Ao tentar fugir da instalação, ele é atacado por Osíris, que erra ao confundir Crocodilo Assassino com o seu velho inimigo Sobek.

Poderes e Habilidades

Possui grande força de 20 toneladas e 100 gramas e pode levantar 50 vezes o seu próprio peso,E possui um velocidade e agilidade maior do que o normal, também possui invulnerabilidade sua pele e impenetrável e dura. Possui uma grande resistência a tudo com grande durabilidade se-tornando durável a tudo e todos principalmente a golpes,mimetismo crocodiliano pode transformar sua pele em pele de crocodilo e seus órgãos e língua ou para toda vida,Sentidos aguçados seus sentidos orgânicos e epiteliais são aprimorados seu tato,olfato,visão,audição,paladar,garras afiadas suas unhas são grandes e são muito pontudas podendo rasgar e quebrar qualquer coisa, dentes afiados seus dentes e caninos são grandes e pontudos,perito em natação considerado um dos nadadores mais rápidos do Universo DC, pode respirar de baixo da água, sensibilidade sobre-humana possui grande sensibilidade pode saber e sentir quando alguém se aproxima e quando alguém vai lhe tocar e tanger podendo mesmo ferido sentir sua pele.

Personagem Re-Desenhado

Nos últimos anos, Crocodilo Assassino foi retratado como sendo muito mais répteis do que em encarnações passadas. Uma figura de ação feita pela Kenner em 1998, apresentava ele com uma cauda e patas de dinossauro. Quando a Mattel começou com a licença para fabricar produtos DC Comics no início dos anos 2000, eles lançaram sua própria versão do Crocodilo Assassino, esculpida pelas Four Horsemen Studios. Esta versão também contou com uma cauda e os pés dos dinossauros. No final de 2005, uma nova versão deste valor foi modificado para que a cauda, juntamente com sua camisa, fosse removido. Esta versão também possui uma cabeça mais "humana".
O enredo da história de Batman Hush, 2002-2003, apresentou um Crocodilo Assassino mais bestial que tinha sido transformado contra a sua vontade para aparecer mais reptiliano. Esta versão do personagem foi desenhado pelo artista Jim Lee.

Outras Versões

Na graphic novel, Coringa, escrita por Brian Azzarello e pelo artista Lee Bermejo, Crocodilo Assassino é retratado como um bandido, um grande homem Afro-americano musculoso com uma condição da pele escamosa. De todos os seus projetos anteriores, este é o mais humano. Ele estáva faltando com o focinho anormalmente longo, cauda e garras. No entanto, o livro parece sugerir que este goza de Crocodilo Assassino alimentando-se de carne humana ("Croc tem um jeito certo ... excêntrico com provas", é uma forma de o narrador da história, Jonny Frost, coloca-lo). Crocodilo é visto como líder de uma gangue de negros, e mais tarde se torna um membro de alto nível da turma recém-formada do Coringa. Essa visão da personagem não é muito diferente do trabalho anterior de Azzarello sobre Batman, Broken City (apesar do Coringa é não-canônica).
Em Batman: Crimson Mist, Crocodilo Assassino começa com uns rumores de um assassino serial espreitando pelos esgotos de Gotham, depois junta-se a gangue do Duas-Caras, como o músculo. Confrontado com a ameaça do vampiro Batman perseguindo e matando seus oponentes, Crocodilo Assassino e Duas-Caras formam uma aliança com o Comissário Gordon e Alfred Pennyworth para prender Batman na Batcaverna e expô-lo à luz do sol. Embora Crocodilo Assassino e Duas-Caras tentassem matar Gordon e Alfred quando Batman é acreditado estar morto, Alfred é capaz de recuperar seu antigo mestre, sacrificando sua vida e sangue para dar a Batman a força para parar os criminosos do passado de Gothan. Com o sacrifício de Alfred, Batman empala Crocodilo Assassino com uma estalactite, comentando com Crocodilo Assassino que pode manter o seu sangue frio.
Killer Croc
Killer Croc (THE JOKER'S ASYLUM).jpg
Arte de Francesco Mattina.
Dados da publicação
Publicado porDC Comics
Primeira apariçãoDetective Comics #523 (fevereiro de 1983)
Criado porGerry Conway
Gene Colan
Características do personagem
Alter egoWaylon Jones
AfiliaçõesSociedade Secreta de Super Vilões
Codinomes conhecidosCrocodilo
Habilidades
  • Super força
  • Velocidade aprimorada
  • Agilidade aprimorada
  • Mimetismo de crocodilo
  • Sentidos aguçados
  • Super resistencia
  • Invunerabilidade
  • Perito em natação
  • Dentes afiados
  • Garras afiadas
  • Respiração sub-aquatica
  • Sensibilidade sobre-humana











CHAPELEIRO LOUCO - DC COMICS

Chapeleiro Louco é um personagem fictício, supervilão inimigo do Batman no Universo DC. Foi criado em 1948, por Bob Kane e Bill Finger. É inspirado no personagem homônimo, criado pelo escritor britânico Lewis Carroll em Alice no País das Maravilhas.


História

Chapeleiro Louco é o nome adotado por Jervis Tetch para cometer crimes em Gotham City. Devido a sua aparência, cresceu sem ter quaisquer amigos. Tornou-se um cientista e passou a viver em uma casa alugada, de propriedade de Ella Littleton. Jervis acaba fazendo amizades com a filha de Ella, Connie Littleton, e com o amigo do clube de computação dela. Algum tempo mais tarde, Connie engravida e, temendo a reação de sua severa e puritana mãe, mente que teria sido estuprada por alguém do time de beisebol de sua escola, o Gotham Hawks. Ella pede ajuda a Jervis para tentar convencer sua filha de que os jogadores de Gotham Hawks são péssima companhia. Jervis então utiliza seu aparelho controlador de mentes em um dos jogadores, fazendo-o utilizar uma bomba tubo para matar toda a equipe. Este foi o primeiro ato criminoso praticado por Jervis Tetch.
De acordo com Dr. Blakloch, do Asilo Arkham, Jervis é esquizofrênicoobsessivo-compulsivo e altamente desiludido. Apesar de seu alto intelecto, identifica-se mais com crianças do que com adultos. Blakloch também notou que, quando agitado, Jervis passa a se comunicar através de rimas. Um outro psiquiatra do asilo, Dr. Jeffrey Yorkes, relata que Jervis alterna momentos de lucidez e quadros de transtorno maníaco-depressivo.
Jervis muitas vezes faz referências e citações a Alice no País das Maravilhas e apresenta dificuldades em separar ficção e realidade. Além da obsessão pelo personagem de Lewis Carroll, possui compulsão por chapéus.
Algumas histórias sugerem que Jervis seja pedófilo, enquanto outras mencionam que ele teria tendências homossexuais. Atualmente, Jervis aparece como um hacker que usa dispositivos embutidos em chapéus.

Quadrinhos

A primeira aparição de Chapeleiro Louco ocorreu em Batman #49 (1948). Em sua estréia, tentou roubar um troféu do Gotham Yacht Club, mas foi detido posteriormente por Batman quando tentava roubar os espectadores de um evento de hipismo. Jervis é frequentemente enviado ao Asilo Arkham, embora isto não seja revelado até Batman #400 (1986). Chapeleiro louco não é visto, nos quarinhos, durante a Era de Ouro.
Na Era de Prata, um misterioso homem com bigode afirma ser Jervis Tetch, adotando a identidade de Chapeleiro Louco e confrontando Batman em diversas ocasiões. É revelado que trata-se de um impostor quando o verdadeiro Jervis Tetch reaparece. O impostor faria mais uma aparição em Detective Comics #573, de 1987.
Acompanhado de seus capangas e de seu macaco de estimação chamado Carroll Lewis, Jervis sequestra Lucius Fox, o diretor-executivo da Wayne Enterprises. Ele utiliza um aparelho para copiar o conhecimento do cérebro de Fox, com a intenção de fazer fortuna. Fox é resgatado por Batman, que captura Chapeleiro Louco e seus capangas.
A seguinte aparição de Chapeleiro Louco marca a estréia do dispositivo controlador de mentes nos quadrinhos. Aliando-se a outros vilões para tentar eliminar Batman, Chapeleiro Louco usa o dispositivo em Espantalho, forçando-o a lutar. Quando Batman surge, Chapeleiro Louco foge e supostamente teria morrido em uma ponte, esmagado sob as rodas de um trem. Porém, escapou ao pular sobre um caminhão que passava debaixo da ponte.
Na saga Batman: Knightfall (A Queda do Morcego), publicada entre 1993 e 1994, Chapeleiro foge do Asilo Arkham e convida todos os criminosos para uma rodada de chá. Um deles é Cine Doidão, o qual é submetido ao dispositivo de Chapeleiro Louco e enviado para procurar o responsável por libertar todos os vilões do asilo. Batman e Robin aparecem e derrotam Chapeleiro Louco, enquanto Cine Doidão é morto por Bane.
Em Robin: Year One, Jervis é contratado pelo milionário ditador de um país do Terceiro Mundo Generalissimo Lee para sequestrar um grande número de mulheres, através do dispositivo controlador de mentes. O dispositivo é implantado em walkmans e distribuídos na escola de Robin. Porém, este consegue derrotar Chapeleiro Louco. Uma outra tática utilizada pelo vilão é implantar seus dispositivos em ingressos para "café e rosquinhas grátis" que ele distribui em frente ao Departamento de Polícia de Gotham City. A intenção era de controlar a maior parte dos policiais da cidade para roubar para ele e, mais adiante, provocar motins.
Em Infinite Crisis, Chapeleiro Louco é visto primeiramente sendo derrotado por Argus e, posteriormente, lutando ao lado da Sociedade Secreta dos Super-Vilões durante a Batalha de Metrópolis.
Tem uma breve participação no Sexteto Secreto quando, no final da minissérie, é arremessado em um penhasco por Boneco de Pano.
Chapeleiro Louco
Dados da publicação
Publicado porDC Comics
Primeira apariçãoBatman #49 (outubro de 1948)
Criado porBob Kane
Bill Finger
Características do personagem
Alter egoJervis Tetch
EspécieHumano
Terra natalGotham City
AfiliaçõesSociedade Secreta dos Super-Vilões
Sexteto Secreto
Ocupaçãoex-neurocientista e criminoso profissional
ParceriaCoringa, Pinguim, Crocodilo Assassino
Base de operaçõesGotham City
InimigosBatman e Robin
Situação presenteVivo (retornou)
CausaRetornou para tentar matar o Batman
Codinomes conhecidosChapeleiro ,humano holograma ,Jervinho
HabilidadesDispositivo tecnológico de controle da mente.